Novidades:
Procurando...

Design de Interação #1



Há alguns dias participamos da Semana Design ESDI 2016. Evento este organizado pelos alunos da Escola Superior de Desenho Industrial, com o objetivo de promover o contato dos graduandos com os profissionais e empresas já consolidadas no mercado de Design.

O dia começou com as palestras de Daniel Morena, da 32Bits e Daniel Prado, da YDreams, que falaram sobre Design de Interação e seus devidos portfólios. E hoje venho trazer alguns apontamentos e reflexões de um dos palestrantes.

Daniel Morena é formado em Design Gráfico pela EBA/UFRJ e tem experiência na área de Interatividade desde 1998, porém em 2003 fundou a 32Bits e tornou-se Diretor de Tecnologia Criativa. A 32Bits é uma empresa que trabalha com soluções de design e tecnologia interativa para espaços como Museus e Exposições. Muitas pessoas já viram suas criações ou mesmo interagiram com elas, como exemplo: Museu da Língua Portuguesa, Museu das Minas e Metais, Museo del Caribe (Colômbia), Expo 2010 Shanghai, Brasiliana 2013, Cazuza – Mostra sua cara, Goiânia 80 anos, Bienal da ADG 2013, Museu de Arte do Rio (MAR), IBOPE 70 anos, Rio +20 Pavilhão Brasil, Bienal de Veneza, Museu da Gente Sergipana, Rio+Design Milão, Xingu dos Villas-Boas.

Marca da 32bits
Para ele o Design de Interação tem que ir além da tela trazendo para o cotidiano, se utilizando de recursos, tais como: audiovisual, cenografia e espaços interativos, sempre pensando na interação de uma forma mais ampla, indo além do programação.

Claro, que é importante ter o conhecimento da programação, pois com ela desenvolvesse o ecossistema onde as ferramentas de interação passam a fazer o Design acontecer - assim foi no desenho do ambiente e a interação utilizada na interface para Sala de Troféus do Fluminense ou na interação lúdica do Museu do Amanhã. As informações do Museu do Amanhã, por exemplo, são base para a criação de uma interação gerando uma experiência individual, que gera infográficos e videográfico informativos. Conteúdo esse organizado em seu cartão de visitante que garantirá o acesso a essa informações toda vez que for visitar o museu, gamificando da experiência e da interação.

O design é o ecossistema que permite que o projeto viva!
Retrato de Daniel Morena



0 comentários:

Postar um comentário