Novidades:
Procurando...

AD Ludus - Feudos de Malum


Para mudar um poucos os ares nada melhor que trocar de cenário. Então aproveitamos para explorar o que anda acontecendo de interessante em Curitiba, mais especificamente na UTFPR.

Para quem não sabe, na UTFPR acontece  o Algures - Semana acadêmica de Design da UTFPR. Não é um evento grande, mas para o cenário curitibano é importante sim, tanto que já está em sua 11ª edição. Até nós aqui do Atelier Design já participamos do evento fazendo uma pequena oficina de Indesign (link aqui). Neste ano, uma das ações promovidas na semana acadêmica que chamou a nossa atenção foi um play test de um jogo de tabuleiro - Feudos de Malum.

Na foto aparece a mesa com quatro pessoas e mais duas pessoas membros da equipe Goori. Ao fundo, dois banner .
Fotografia: Nívia Bellos

Feudos de Malum é boardgame de estratégia com mecânica de rolagem de dados e gerenciamento de recurso. Sendo que o modo de jogo é bem variável: todos contra todos, um contra três ou formando duplas. Isso porque a ideia do jogo é que cada jogador tenha um feudo e um deles tenha que se tornar rei da região.

No caso, a equipe trouxe uma versão mais simples para poder testar com os participantes do evento. Quando fomos jogar, eu era o rei que tinha um vassalo, já os outros dois jogadores tinham como objetivo me derrubar. Em questão de aprender as regras, fomos vendo a medida que o jogo se desenvolvia, mesmo assim, não tornou um jogo difícil de aprender. Em relação ao gerenciamento de recurso, era possível cuidar dos soldados (principalmente para derrubar a fortificação do adversário) e cuidar do dinheiro (para fazer novas construções para o feudo e pagar impostos). Contudo o jogo não é totalmente estratégico, pois o fator sorte também está presente. Além de sorte nos dados, também a cartaz que podem mudar totalmente o sentido do jogo. Tanto que foi  por isso que eu perdi - muitas cartaz que tiravam o meu dinheiro. Nenhum jogador me derrubou, e sim a sorte.

Em relação a parte gráfica houve empenho. Além do tabuleiro ser feito no tecido por sublimação, há também miniaturas do jogo (me remeteu um pouco aos trenzinhos do Ticket to Ride). Até o momento que conversei os criadores, a ideia seria a produção de peças com resina, mas de qualquer forma a solução para as peças era esteticamente interessante e ajudava para visualizar as nossas ações.

Na imagem mostramos uma área do tabuleiro composto por: uma cartelo com 4 torres, 3 muros e vários círculos que simulavam os terrenos. Além disso, algumas peças na frente simulando o ataque do inimigo.
Fotografia: Nívia Bellos

0 comentários:

Postar um comentário