Novidades:
Procurando...

Projeto de pequenos escritórios


       "Milhares de designers de todo o mundo abrem estúdios de design, no melhor sentido de uma empresa como uma opção dada a diversidade e amplitude dos espaços para o projeto. Como uma saída menos corporativo e intermediária da oficina de experimentação pura e trabalho free-lance . As chances de sucesso dessas iniciativas depende em grande parte de gestão e comunicação, mas é certamente a qualidade do trabalho de design que você pode ter sucesso."
     Como podemos sair da idealização para realização?

Com esse paragrafo começa o artigo da revista digital, Di-Conexiones, que em seguida nos fala sobre o arquiteto italiano Zanocchi  e a designer brasileira Starke, e seus trabalhos que iniciaram após 2013, em seu estúdio, porém neste paragrafo não apenas refletimos a visão empreendedora de pessoas com oportunidade e conhecimento, mas também a necessidade de crescimento profissional e vida/expectativa dos recém formados designers brasileiros.
Assim podemos refletir: Como será, por fim, a construção da gestão e comunicação daqueles que saem das universidades brasileiras? Talvez em sua maioria não aprenderam a desenvolver, ou, tiveram pressa ou, até mesmo, incompetência de administrar seu tempo e durante esse período de estudo. Esse pequeno detalhe que diferencia o trabalho de design. Onde podemos observar boas e más soluções para os problemas do dia-a-dia.


Suas peças das mais simples até as complexas refletem a construção cultural adquirida no Brasil e na simplicidade do design italiano.


Projeto de banquinho todo de madeira.
Detalhe do projeto de banquinho. No caso, é um encaixe que cruza os pés.Sendo que todo o conjunto é fixado com um parafuso grande.
Peças que compõem o banquinho: base azul com furos em forma de cruz/ dois pés com encaixe a base/ uma parafuso grande que fecha todo o conjutos. E ao fundo, o banquinho montado.
Uma luminária em forma de trapézio de cor laranja, sendo que uma parte dela é vazada e a outra com um espaço pra luz. Ou seja, a peça é uma luminária, mas também permite apoiar livro devido ao seu formato.
Cadeira feita de estrutura de madeira, pés quadrados. E o restante do acabamento, no caso acento e encosto cobertos por retalhos de tecido.