Novidades:
Procurando...

Amazon e o mercado editorial



empresa Amazon começou a vender seus primeiros livros físicos em terra brasileira. 



      O que não é nenhuma surpresa para quem é do ramo editorial. Desde que ela chegou, em dezembro de 2012, a empresa vendia 13 mil livros digitais em português.E a partir desta quinta-feira também vai anunciar livros físicos aos seus clientes.

       Agora o fato é que para nós, leitores e profissionais da área, só temos a ganhar com mais uma empresa no mercado. Primeiro porque teremos acesso mais fácil aos títulos estrangeiros e segundo o fator preço - tanto que eu pessoalmente já vi livros mais baratos em outras lojas do que fazer compras direto com as editoras.
      Ok! Eu sei que para o ramo editorial não é uma situação muito simples, porque os custos de produzir um livro são altos e as livrarias e os livreiros não andam muito bem financeiramente (tanto que muitas livrarias pequenas acabaram fechando). E ter uma empresa estrangeira oferecendo um serviço melhor vai significar o quê?
     Sinceramente eu vejo com bons olhos, porque:

  1. Possibilidade de crescer a venda de livros no Brasil;
  2. A demanda por profissionais não vai diminuir;
  3. Mais um ponto de venda para as editoras;

E vocês, o que pensão sobre a Amazon no Brasil?
Para saber mais:

Noticia venda da Amazon e o livro físico
Entrevista da revista Exame com presidente executivo da Amazon do Brasil.

Sobre o mercado do livro digial
Entrevista da Publish News sobre a Amazon no Brasil


0 comentários:

Postar um comentário