Novidades:
Procurando...

O Manifesto do Conceito ao Desenho

       

       Parei para ouvindo o AntiCast (recomendamos) e um pouco de outros podcasts e vasculhando a internet encontrei o Manifesto do Conceito ao Desenho, uma boa leitura, para entender e a arte como técnica e o esforço refletido sobre seus conceitos e como ela tá se comportando hoje. Muito sabemos sobre os grandes artistas clássicos, mas o que vemos hoje é o conflito de ideias que discutem sobre a importância a utilização da técnica, não somente da que se dá o significado para a palavra (arte), mas também das técnicas de aprendizado e aperfeiçoamento. Como ilustrador, um pouco enferrujado venho sempre melhorando e procurando novas ferramentas que mais se adaptam as minhas características, como dizem, o aperfeiçoamento eterno que todo artista, pintor, desenhista e ilustrador tem que passar pelo resto da vida.

Sem título-2
    
       Destrinchando um pouco do manifesto já começamos a pensar sobre o primeiro trecho exposto nele e qual a importância contemporânea da arte:
"A potência da imagem hoje e os níveis a que chegaram sua possibilidade de manipulação digital, sua reconfiguração cinematográfica e amplitude de difusão nas redes virtuais, o avassalador retorno à pintura em escala global e o Hiper-realismo Contemporâneo – suas manifestações na atualidade, enfim – aliadas à veiculação de recentes interpretações sobre os conceitos de “mímesis” e de “representação” têm produzido uma conjunção dialética que requer uma revisão dos conteúdos acadêmicos na contemporaneidade."

       Podemos então rever alguns conceitos sobre o que é arte? E se a arte clássica está tão difundida ao ponto da gente rever ideias e representabilidades do nosso conviveu?
"Assim como o pensamento não opera sem objeto, acreditamos que a Academia de Artes Visuais não pode descurar da prática artística em seu campo – ou melhor, em seus campi. Estar em dia com as filosofias correntes, porém em descompasso com a própria realidade contextual não dará subsídios maiores para compreensão do papel do artista na contemporaneidade ou do lugar da arte – temas hoje tão debatidos na Academia, mas restritos ao campo teórico."

0 comentários:

Postar um comentário