Novidades:
Procurando...


Um assunto que volta e meia ressurge aqui no blog é o mercado editorial. Não atoa, pois desde 2014 trabalho neste mercado. Aliás, caso queira conhecer um pouco mais de detalhe sobre o que é design editorial, sugiro link 1 (sobre quem compõem a base de qualquer editoria) e link 2 (explicação rápida sobre diagramação).

Trabalho de conclusão de curso possui algumas  opções: aquele tipo de projeto que tu vai querer esquecer ou aquele projeto que você vai ter sempre com carinho no coração. Especificamente, o meu é a segunda opção.

Capa do texto "Book dicas: Repeteco"

O último HQ que li foi Repeteco, de Bryan Lee O'Malley. Caso não conheça esse autor pelo nome, com certeza já ouviu falar de sua obra anterior: Scott Pilgrim (Obra publicada pela Quadrinhos na Cia. em 2010  que depois virou filme).

Em 2016, a mesma editora lança a segunda obra de Bryan: Repeteco (em inglês, Seconds). Dessa vez, o leitor conhece a vida de Katie – uma jovem de 29 anos que trabalha em um restaurante. No começo da história, ela se encontra em um processo de mudança, pois planeja abrir seu segundo restaurante. E é dentro desse enredo que o autor trata sobre as escolhas da vida. Sinceramente, em certos momentos, o enredo me lembrou muito uma outra história: O Feitiço do Tempo (um filme de 1993 com o ator Bill Murray), pois ambos mostram como o tempo é o melhor professor.

 E já aviso, é muito difícil se simpatizar com a protagonista! Ao contrário de muitas histórias, ela não é a "heroína pelo qual o leitor irá torcer", muito pelo contrário...Mas é justamente suas falhas enquanto pessoa que torna sua jornada mais interessante.

Em relação a parte visual, Bryan continua com a mesma qualidade! Eu gosto do estilo do desenho dele: o traço em preto dando contorno aos personagens, o pouco uso de sombras e um ótimo trabalho de cores. Quero aproveitar e fazer dois destaques: a primeira é em relação as aberturas de capítulos, para mim as paginas ficaram elegante com a aplicação da tipografia bem pesada (ou "gordinha" em termos populares) e logo abaixo o início da história – um contraste na página bacana.

Imagem da página do primeiro capitulo da obra "Repeteco".
O segundo destaque é para a melhor página dupla! Dentro do enredo é o momento em que conhecemos a parte interna do restaurante. Fugindo daquele plano geral, Bryan nos presenteia com uma visão em perspectiva, assim gerando profundidade e dinamismo a cena. Simplesmente me apaixonei por essa ideia!

 
Imagem da página dupla da obra "Repeteco". Aparece uma visão geral do restaurante onde é possivel ver cada comodo e alguns personagens.

Para saber mais:
Scott Pilgrim resenhado pelo site Universo HQ
Adoro Filmes: O Feiticeiro do Tempo
Foto estilo selfie que aparece todos os participantes do workshop.

No final de junho, eu participei do workshop Formação de Preços e Negociação para Criativos, organizado na Bla Blu Lab, em Curitiba. O evento aconteceu na empresa Bla Blu e foi ministrado pelo Tulio Filho (designer e sócio da Agência Bla Blu). Dentro do cenário curitibano, Tulio é uma pessoa bem conhecida – não só pela sua empresa atender grandes clientes da região, como também por ele promove várias ações para fortalecer o mercado criativo.


O que me interessou pelo evento é justamente uma oportunidade para falar de finanças. Dentro da cultura brasileira, falar de uma maneira ampla e poder tirar dúvidas é algo no mínimo raro – eu mesma passei por uma mudança radical depois de ter lido esse livro (link aqui). O que o workshop oferece é passar 10 horas com alguém que possui mais de 20 anos de experiência na economia criativa e fazer várias trocas (tanto de conhecimento quanto de experiência). 

E não pense que fica restrito a uma planilha de excel. Como o próprio título informa, também abordado como: pontos importantes da negociação, como apresentar uma proposta de negócio e outros detalhes a mais (lógico, não vou dar spoiler). Ou seja, pra quem possui pouca experiência (que é o meu caso) são as 10 horas mais bem aproveitadas. E digo mais, creio que o assunto não esta restrito ao pessoal de design ou publicidade, como o próprio Tulio mostra no inicio de sua fala, a Economia Criativa é ampla e capaz de influenciar a macroeconomia, mesmo de uma forma menos exato comparado as outras áreas.

Um último adendo necessário é o fato do Tulio ser um ótimo anfitrião. Pois ele te recebe com muita simpática e um dos melhores mesa de café que já vi (não estou exagerando – tinha de salada de fruta até leite sem lactose). Parece que ele vai te receber em casa.

Caso ainda não saiba, eu, Nivia, trabalho no ramo editorial desde 2014. Eu já comentei nesse texto sobre diagramação, e neste relato, também, um pouco sobre a revisão. Para dar uma continuidade ao tema, vou explicar mais detalhes sobre a tríade.


Nessa semana, trazendo mais um Designer/Ilustrador. Nesse caso, trago um ex-colega de faculdade: Otavio Iarossi.
Postagem do instagram do Acervo NDesign com um texto e uma foto do Alexandre
Era dia 4/5 (sexta-feira) próximo das 17h. Eu estava no meio do experiente e dei aquela olhada no Instagram, quando vejo essa postagem do @acervondesign.
Capa do texto, composto por 3 livros: Pensar com os tipos / Alexandre Wollner /  BeaFeitler

 Acredite, ele está mais próximo do que imagina.

capa do texto, fonte: CCBB Rio

Essa exposição foi uma das primeiras visitadas desse ano e durante ela pude notar uma visão crítica a sociedade de consumo.

capa do texto
Essa pergunta invadiu as casas brasileiras nesse primeiro semestre de 2018. Mesmo sendo algo simples, vale essa pequena reflexão.