Novidades:
Procurando...


Mesmo o jogo sendo famoso e fazendo parte da cultura pop, eu  mesma, joguei somente um vez! The Legend of Zelda: The Minish Cap para GBA foi minha primeira experiência - infelizmente não consegui chegar ao fim. Mas o fato é que a franquia The Legend of Zelda é um simbolo cultural. Mesmo tendo jogado pouco tenho algumas noções da história, pois é impossível não saber da existência de Ocarina of Time!
 



Semana passada, saiu o resultado do concurso do Museu da Casa Brasileira (para ler o resultado final dos jurados, leia esse texto). Caso alguém não conheça, esse museu promove a trinta anos um concurso de design para as duas categorias: Design de Produto e Design Gráfico. A proposta é dividida em duas partes: produz um cartaz para a divulgação do concurso de Produto. Tem como resultado um registro histórico do design nacional para os dois campos. Tanto que ano passado, lançaram um livro pela editora Olhares (caso queria saber melhor, clique aqui)
Imagem do texto - curso "visualização de informações para pesquisas"
Recentemente, eu fiz um curso chamado "Visualização de Informações para Pesquisas" com os meninos do Pensar Infográfico (já comentei deles aqui antes, caso não tenha visto veja esse link).
Capa do texto "A riqueza da literatura infantil"
No dia 18/04 é o aniversário de Monteiro Lobato e também o Dia do livro infantil. Nada mais justo para um dos grandes nomes da literatura infantil.
Contudo, a literatura infantil não é só importante para a aprendizagem dos pequenos, como também proporcional peça gráfica bem interessante (até desafiador dependendo do caso). 

Infelizmente, os povos indígenas é uma parcela da população que nem sempre é lembrada. Segundo os dados do IBGE no Censo Demográfico realizado em 2010, a população indígena é de 817 963 habitantes (o que representa aproximadamente 0,47% do total). Mesmo com esses dados gerais, percebe-se que estamos abordando uma parcela da população da qual ouvimos falar pouco (caso hoje conheça alguém que faça parte de uma comunidade indígena, a história muda...).
Diante desse cenário, surge a Tucum Brasil.

Imagem de capa

No nosso Busque Inspiração de hoje é com muita aquarela. Desse vez com Sandra Kuniwake!
Capa do texto onde se encontrei a seguinte frase: "O dia que quase virei professora'

Para quem não sabe, um dos meus desejos de carreira é me tornar professora de design. Isso ainda é um tema para mim um tanto complicado, não só porque exige muito mais tempo de estudo (hoje, eu só tenho a graduação. Até cheguei a participar como aluna especial da ESDI numa matéria chamada Sociedade e Cultura, caso queira saber um pouco como foi - pode perguntar nos comentário ou veja esse texto). Como também você vê poucos profissionais alimentam um desejo similar. Sejamos francos: quantos designer falam "eu quero dar aula." ou "eu quero fazer um mestrado"?

capa do texto. duas ilustrações de Jen Zee

Um tempo atrás, aqui no blog comentamos de um jogo chamado Transistor (caso não tenha visto, link aqui). Bom, hoje viemos falar mais sobre quem foi responsável por esse jogo lindo!!

Imagem de capa. Imagem do evento Esdi Aberta (Foto: Ana Clara Tito)

A ESDI sempre vai estar na história. Todo estudante de design em algum momento já ouviu falar dessa universidade. Caso você nunca tenha ouvido falar, a Escola Superior de Desenho Industrial (ESDI) foi a primeira escola de ensino superior do Brasil na década de 60. Ou seja, ela foi a grande referências em relação ao ensino do Design - antes dela não existia curso com um programa de ensino similar.

Imagem de capa do texto. Rennan em frente de uma bancada cheia de livros.


Bom, o novo "vício" daqui do QG é Projota. Caso você não saiba, ele é um cantor de São Paulo com ótimas letras (a que mais toca na rádio é "Ela só quer paz"). Mas não é sobre música que vim falar...